lirik.web.id
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

lirik lagu felago – vermelho sangue

Loading...

cor preferida vermelho de amor
mas se tentar vira vermelho sangue
sangue por sangue
sangue por sangue

sua energia fala mais que você
chega primeiro que você
cê anda dezanda com ideia furada
me fala qual mesmo seu proceder
não tô pa concorrer, não, não, não
o que e meu eu vou buscar

então pode olhar, e que o brilho irradia de longe
espírito de monge, postura de leao brabao, nos enxerga longe
sua energia tá tipo latao de lixo
da uma pausa, toma um vento, e vê o tempo passar
pisar na areia olhar pro mar, e um bom inicio
e pra vitória do parceiro um sorriso vai dar

grama verde, grana verde
nada vai ofuscar os planos de um sonhador que nasceu pra brilhar

o que eles querem eu sei
mais um corpo sem vida no chão
e que nos tem sangue nas veias
eles na palma da mão
recuar jamais
pra tras nem pra pegar impulso
a vida e longa mas no pulso o tempo e curto

nos veio de baixo sem nada
só sangue suor e lágrimas valorizamos cada conquista no podio cada medalha
na pele o corte da espada
no semblante um sorriso belo
i sem baixar a guarda preparado pros parabellum

meus olhos vermelhos brisa no verde da natureza
hoje o sangue derramado vai ser só da caneta
eles vem aventureiro igual indiana jones
nos vai pesado derrubando igual charles e jhon jones

eles falam tirano
cês num pode hein!
e mão na peca pe na porta
tá pensando quie quem?
sem muito esforco na jogada já tão com insonia
imagina a melhor carta
eles entram em coma

no garimpo sem barulho fiz o jogo virar sem aprovacao
dos reprovados
que só fazem julgar
na jugular vai logo um jab
quero vê cês grita
almas pesadas carregadas
que num sai do lugar

deus no controle
enquanto pavimento a trilha
sangue por sangue
a nossa estrela ainda brilha

cor preferida vermelho de amor
mas se tentar vira vermelho sangue
sangue por sangue
sangue por sangue

sua energia fala mais que você
chega primeiro que você
cê anda dezanda com ideia furada
me fala qual mesmo seu proceder
não tô pa concorrer, não, não, não
o que e meu eu vou buscar